Favoritos

Você ainda não tem nenhum favorito. Para salvar um favorito, clique aqui .

  • Umanni ❤️ Diversidade

  • Neste post gostaria de compartilhar como a Umanni vem aplicando iniciativas de diversidade para a composição de suas equipes internas.

    Em 2016 o quadro da Umanni era bem diferente do atual - havia apenas uma única mulher no quadro de colaboradores e a sua idade era de 20-35 anos.

    Logo em 2017 foi iniciado um programa de inclusão de maneira informal entre os gestores e o RH, não apenas para ter um time mais diverso, mas como estratégia: um time mais heterogêneo faz com que as diferentes visões de realidade criem um resultado melhor pelo equilíbrio de visões. Isso é um pouco do que o fenômeno da sabedoria das multidões traz em sua teoria.

    Ao aplicar estas novas diretrizes em contratações em 2020 chegamos ao ponto em que existem mais mulheres do que homens na empresa, há mais líderes mulheres do que homens e a faixa etária da Umanni ampliou para ambos os lados de 19-50 anos, não simplesmente por uma agenda de contratações, mas por competência e capacidade.  Claro que ainda há muito a ser trabalhado para atingir os objetivos do time heterogêneo, mas já conseguimos um grande avanço.

    Quanto aos resultados, o ganho de eficiência das equipes hoje é muito superior ao que havia anteriormente a operação cresceu, a complexidade aumentou, o portfólio triplicou e o tamanho da equipe não mudou muito. Ao que se deve isso? Há quem possa simplesmente à melhoria dos processos e competência da equipe, mas não há dúvidas de que a composição da equipe tenha um grande papel nisso.

    Mas como medir resultados e performance? A Umanni oferece uma série de ferramentas para lhe auxiliar nestes quesitos! Quer saber como? Agende uma Demo.